sábado, 25 de janeiro de 2014

Família

Dedique tempo para a família

A falta de tempo e do diálogo familiar talvez seja um dos problemas mais frequentes dos lares cristãos que tem causado um grande estrago em muitas famílias.
Os maiores vilões desse problema tem sido ausência dos pais quer seja pelo trabalho ou atividades da igreja e o tempo gasto na frente da tv e do computador.

O cuidado com a família é a coisa mais importante depois da nossa relação com Deus( 1Tm 5:8). O apóstolo Paulo indaga : "Porque se alguém não sabe governar a sua própria casa , terá cuidado da Igreja de Deus?"(1 Tm 5:3)
Há pessoas que se dedicam tanto as atividades da Igreja que se esquecem de cuidar da sua própria casa. Levar os filhos à Igreja, não é o suficiente. Mesmo quando o pai é o pastor. Os valores devem ser ensinados e praticados dentro de casa.

Seja um exemplo em casa

O lar é a primeira escola responsável pela formação do ser humano e a construção de sua cidadania.
A família é uma especie de laboratório da vida onde se desenvolvem as mais variadas experiências que poderão ajudar ou dificultar a relação do indivíduo com o mundo.

A forma de ensino mais eficaz , é o exemplo de vida dos pais , por isso provar um modelo consciente é importante na educação dos filhos. 

Realize o Culto doméstico

O culto doméstico é um excelente caminho para a estabilidade no lar Quando a Palavre de Deus é ensinada, Jesus assume a supremacia do lar e a família alcança as bênçãos espirituais.
O Culto doméstico ainda é a alternativa mais viável para a formação dos valores espirituais  e morais.
Deus através da sua Palavra encoraja-nos a usar a correção de forma adequada , ensinando nossos filhos a fim de que seu comportamento infantil não torne seriamente anti-social e destrutivo.

De acordo co o Livro de Provérbios se ensinarmos aos nossos filhos os caminhos do Senhor, mesmo quando eles envelhecerem não se desviarão( Pv 22. 6).

(KL)

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Oração Intercessoria

Esforço para ajoelhar-se

"O qual se esforça sobremaneira [...] nas orações , para que vos conserveis perfeitos e plenamente convictos em toda a vontade de Deus." 

                  (Colossenses 4:12)

Um pouco antes de John Ashcroft ser empossado como senador americano, ele se reuniu com a família e amigos para orar. Enquanto eles se colocavam ao redor dele , ele viu o pai tentando se levantar do lugar onde se sentara. Como a saúde dele era frágil, Ashcroft disse-lhe: "Tudo bem papai. O senhor não precisa se levantar para orar por mim."
O seu pai  respondeu: "Eu não estou lutando para ficar em pé, mas esforçando-me para ajoelhar."

O esforço de seu pai me fez lembrar o empenho que precisamos ter para interceder por um irmão na fé. No Livro de Colossenses, Paulo se refere à Epafras como um servo que "se esforça sobremaneira , continuamente, por vós nas orações, para que vos conserveis perfeitos e convictos em toda a vontade de Deus"(Colossenses 4:12). "Se esforça sobremaneira" é a tradução de um termo grego, no qual obtemos a palavra "agonia". Ela era usada para se referir a lutadores, que nos jogos de ginástica da Grécia se esforçavam ao máximo para vencer um adversário. 

Eprafas intercedeu por outros crentes para que se tornassem maduros em sua caminhada com o Salvador. Pedir à Deus para superar obstáculos para um crescimento espiritual na vida dos outros exige nossa concentração e disciplina. Estamos dispostos a nos esforçar "sobremaneira" em oração para pedir à Deus que supra as necessidades dos nossos irmãos da fé?

(KL)

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

A Bíblia

Autoria da Bíblia

A Bíblia Sagrada é um livro de dupla autoria.Se, por um lado, foi inspirada por Deus;por outro, não podemos nos esquecer de ter sido ela escrita por homens que estiveram sob a inspiração e supervisão do Espírito Santo:

Temos , assim, tanto mais confirmada a palavra profética e fazeis bem em atende-la , como a uma candeia que brilha em lugar tenebroso, até que o dia clareie e a estrela da alva nasça em vosso coração, sabendo primeiramente, isto: que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação; porque nunca, jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana, entretanto homens [santos]falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo(2 Pe 1. 19-21 ARA).

É por isso que, ao lermos as Sagradas Escrituras, ouvimos Deus nos falar de maneira única e singular pelos lábios dos santos profetas e apóstolos. A Palavra de Deus, de fato,é uma só, os estilos porém são os mais diversos, pois o Espírito Santo inspirou e capacitou cerca de quarenta diferentes autores, a fim de que, num período de aproximadamente 1.600 anos, nos produzissem o Livro dos livros.

Fosse a Bíblia um livro apenas humano, jamais haveria de nos ungir com o azeite da verdadeira alegria; posto que também é divina, e divinamente inspirada, proporciona-nos os mais altos alívios, confortos, balsamos, e muito mais.

O poeta inglês Samuel Taylor Coleridge (1772-1834) testemunha a cerca do poder que as Sagradas Escrituras exerciam sobre a sua alma:

Encontro na Bíblia, palavras para os meus mais íntimos pensamentos, canções para a minha alegria, lenitivo para as minhas dores mais profundas, reabilitação para todas as minhas debilidades e fraquezas.

A cerca da autoria da Bíblia leciona Tomás de Aquino: " O autor principal da Bíblia Sagrada é o Espírito Santo; o homem foi apenas o seu autor instrumental".

Por conseguinte, o Espírito Santo de Deus, fazendo de cada hagiógrafo um instrumento especialmente selecionado na composição da Bíblia, outorgou-nos, o Livro Eterno, cujas belezas literárias são únicas.

(KL)

Os Direitos Humanos na perspectiva bíblica

Temos que reconhecer a dificuldade em definir exatamente o que são os direitos humanos. Alguns poderiam assumir que a noção de “direi...